quarta-feira, 12 de outubro de 2011

inseticidas naturais para plantas- RECEITAS NATURAIS

                                                                                                      
Sou a favor de utlilizar todos os recursos naturais para controlar as pragas de nossas plantinhas,em último caso apelamos para os inseticidas industrializados que são eficazes sem dúvida nenhuma.Vou adicionar aqui algumas receitas naturais para o controle das principais pragas.


Pulgão
É do tamanho de uma pulga, podendo ser verde, preto, marrom, branco ou amarelo.
Ação: é um inseto sugador da seiva dos brotos novos e das flores.
Combate: pulverize calda de fumo a cada três dias.






                                                     
Formigas 
As saúvas, grandes e negras, são prejudiciais às plantas.
Ação: picotam as folhas.
Combate: amarre um pano com pimentas vermelhas na planta atacada, sem apertar muito, ou aplique extrato de pimenta no caule – pimenta amassada com um pouco de água.



Cochonilhas
Em geral, se apresentam de duas maneiras: como minúsculas moedinhas pretas ou marrons, ou envolvidas em uma teia branca parecida com algodão.
Ação: gostam da base das folhas, das dobras, das bifurcações, dos botões e dos ramos novos, de onde sugam a seiva elaborada até matar os brotos.
Combate: retire as pequenas infestações com cotonete embebido em álcool e as grandes com pulverizações de óleo mineral a 1%, que asfixiam os insetos. Repita as pulverizações depois das chuvas.


                                                                                                
Fungos e Ácaros
São invisíveis, mas deixam sinais de sua passagem nas folhas.  
Os fungos deixam manchas circundadas por anéis amarelos e os ácaros deixam uma espécie de ferrugem no verso das folhas.
Ação: atacam folhas, flores e o caule.
Combate: a calda bordalesa é um ótimo preventivo quando
aplicada a cada 15 dias. Se o ataque de fungos já tiver ocorrido, só fungicidas poderão eliminá-los. No caso dos ácaros, é possível limpar as folhas atingidas com algodão embebido em álcool.


Lesmas
Ação: rastejam por todo o jardim, comendo folhas e brotos.
Combate: atraia esses bichinhos com recipientes rasos cheios de cerveja, retirando-as depois.

Tatuzinhos-de-jardim
Ação: comem as raízes novas.
Combate: parta para a catação manual ou polvilhe folhas de tabaco trituradas na terra para evitá-los no futuro.


Piolhos-de-cobra
Ação: comem as brotações novas das raízes.                                
Combate: como são visíveis, o melhor é catá-los um a um.



Lagartas
Bichinhos rastejantes, facilmente identificáveis nas plantas ou suas proximidades. Há as mais discretas e as mais chamativas.
Ação: comem raízes, brotos e folhas novas.
Combate: catação manual ou, no caso de infestação em árvores, pulverização de uma mistura de 10 litros de água com 100 g de cal.



Caramujos
Espalhe pó de café, sal ou cinza de cigarro ao redor das plantas do seu jardim para evitar o ataque de caramujos. Outra dica é contornar o canteiro com uma linha de cal virgem, tomando cuidado para não colocar muito perto das plantas
para não as queimar.



Receitas caseiras para combater as pragas
Calda de fumo – Pegue 100 g de fumo e deixe de molho em 700 ml de água durante 24 horas. Depois, coe o chá e acrescente mais 700 ml de água, misturando bem.

Calda bordalesa – Coloque 200 g de sulfato de cobre em um saco de pano e mergulhe-o parcialmente por 4 horas em 18 litros de água. Separadamente, dissolva 200 g de cal virgem em 2 litros de água. Junte as duas misturas e mexa bem. Antes de usar, faça um teste de acidez. Mergulhe uma lâmina de ferro na mistura. Se a placa escurecer, acrescente um pouco mais da mistura de cal e teste novamente.

RECEITAS NATURAIS


Alamanda (Allamanda cathartica)



Combate os pulgões.
Ferva cerca de 5 folhas em 1,5 litro de água por 10 minutos.
Deixe esfriar e pulverize. Utilize luvas ao manusear as folhas.


Batida de alho
 (Allium sativum)



Protege contra brocas, cochonilhas, ácaros, pulgões, lagartas e ferrugem.
Bata no liquidificador 1 dente de alho com 1 litro de água, coe bem e pulverize.


Infusão de camomila
 (Matricaria chamomilla)



Controla várias doenças, estimula o desenvolvimento de plantas jovens e revitaliza as fracas.
Coloque as flores em um recipiente de vidro e despeje água fervente. Tampe e deixe descansar por 5 minutos. Coe e espere esfriar.


Chá de hortelã
 (Mentha piperita)



A hortelã repele insetos, inclusive formigas. É ótima para plantar em bordaduras de canteiros.
Coloque a erva em água fria e ponha para ferver. Tampe e deixe descansar por 3 minutos. Coe e aplique depois de frio.


Macerado de pimenta
 (Capsicum annuum)



Repele todos os insetos, principalmente cochonilhas e pulgões.
Soque a pimenta em uma vasilha. Cubra com água e deixe descansar de um dia para o outro. Mexa bem e filtre em pano fino.


Chá de folha de tomateiro
 (Lycopersicum esculentum)



Folhas e caules têm ação inseticida e eliminam, inclusive, pulgões. Prefira os tomates orgânicos. 
Ferva um punhado de folhas e pedacinhos de caule em 1,5 litro de água. Aplique depois de frio.


Calda de fumo de corda




Para cochonilhas, pulgões, larvas e ácaros. Proteja mãos e olhos ao borrifar.
Pique 5 cm de fumo de corda e coloque de molho em água com uma tampinha de álcool por 24 horas. Coe e dilua em água na proporção 1:3.


Calda de sabão de coco




Contra cochonilhas, pulgões, ácaros e fungos
Raspe 1 colher de sopa de sabão e dissolva em 2 litros de água quente. Espere esfriar, coe e aplique.



Fonte de pesquisa: Revista Casa Claudia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...